TESOURAS À MOSTRA EM COBERTURAS DESCOLADAS

Todo telhado precisa de um suporte, sejam vigas, pilares ou tesouras. Estas últimas não só cumprem função estrutural como servem de elemento decorativo quando ficam aparentes. Conheça alguns modelos que chamam a atenção no interior das casas

Por Deborah Apsan, Elena Caldini (visual) e Lucila Vigneron Villaça (texto)

Armação mista é destaque deste projeto do escritório americano Caddis | Crédito: Dan O'Connor

Uma questão é básica: saber que as tesouras podem ser de madeira ou de metal e, ainda, combinar ambos os materiais. Também podem adotar esse ou aquele desenho, o que tem a ver não apenas com estética mas com funcionalidade. Todas essas definições vão depender do projeto arquitetônico e dos cálculos realizados por um especialista. As principais variáveis são o tamanho do vão a ser vencido pela estrutura, a seção de cada um dos componentes do telhado e das tesouras, além do peso da cobertura (até o material e o modelo da telha influenciam essa conta).

Leia mais

TELHADOS DE UMA ÁGUA, QUAIS AS VANTAGENS?

Se você está construindo uma casa, mas possui um orçamento apertado para a obra, existem algumas saídas para a construção do telhado que tornam a obra mais barata e rápida de ser executada. Uma boa dica é a construção do telhado de uma água, pois é um tipo de telhado que possui apenas uma face de escoamento, muito rápido de ser construído e, se bem estruturado, pode tornar a construção muito mais charmosa.

Para a execução de um telhado de uma água é necessário que se faça uma empena ao redor da construção – essa empena geralmente é feita de tijolos – e dessa forma a construção é simples e rápida de ser executada. É interessante que se faça uma laje sob a construção, pois assim você pode armazenar a sua caixa d’água sob a casa. Preste atenção: se essa for a sua opção, tenha em mente que a empena deve ser mais alta que a sua caixa d’água, pois você deverá ter a facilidade para abrir a mesma para eventuais limpezas e manutenções.

Após fazer a empena é necessário fazer a instalação do madeiramento. Para o telhado de uma água com empena de material, o madeiramento necessário geralmente é formatado por caibros e ripas, mas dependendo do tipo de telhas escolhidas às ripas também são dispensáveis.

Como já citado acima, é possível optar por dois tipos de telhas para esse tipo de telhado, as telhas de fibrocimento ou as telhas de cerâmica e para cada uma delas existem vantagens e desvantagens. Para as telhas de fibrocimento a vantagem está no preço da construção e também na praticidade de instalação dos materiais. Já nas telhas de cerâmica as vantagens são: beleza da obra e vida útil mais longa dos materiais, visto que as telhas de cerâmica são mais resistentes.

As desvantagens das telhas de fibrocimento estão na sensação térmica dentro da residência e também na sua manutenção que, em casos de cidades com muitas chuvas de granizo, pode se fazer necessário frequentes trocas de telhas ou emendas. As desvantagens das telhas de cerâmica são: telhas mais pesadas e que necessitam da instalação de ripas para a sua montagem, que também é muito mais demorada que o fibrocimento, porém, a manutenção é menor e a sua sensação térmica é muito mais agradável.

A altura da laje deve ser de no mínimo 1,5m da altura do chuveiro, isso é importante para que a pressão da água vinda da caixa d’água seja aceitável para o chuveiro e torneiras da residência.

TELHADO COM INFILTRAÇÃO, COMO RESOLVER?

Um telhado mal construído e com danos pode trazer um problema que aterroriza várias pessoas: a infiltração. Não é para menos, afinal, ela aumenta o risco de comprometimento da estrutura da casa e de danos aos equipamentos e móveis.

Mas, é possível resolver a infiltração de uma vez por todas. O segredo está em investir em algumas dicas especiais e garantir maior tranquilidade durante chuvas. Veja, a seguir, quais são essas dicas!

 

Faça revisões no telhado

As revisões devem ser feitas periodicamente, preferencialmente a cada seis meses. Nesse processo, é verificado se as telhas estão perfeitamente encaixadas e se há quebras, podendo providenciar o devido conserto e combater infiltrações.

 

Aposte em manutenções do telhado

Curiosamente, a manutenção é um detalhe que todo mundo esquece, mas que é essencial ao telhado. Com o passar do tempo, as telhas vão acumulando sujeiras e partículas que podem deixá-las porosas e acelerar o processo de quebra.

É aí que entra a manutenção: durante esse processo, é feita uma higienização nas telhas, eliminando sujeiras e ajudando a manter a vida útil delas, de maneira a evitar o risco de infiltrações.

O recomendado é realizar a manutenção pelo menos uma vez por ano. Contrate profissional especializado para fazer o trabalho, para garantir um melhor resultado e eliminar as chances de acidentes.

 

Invista em materiais especiais

Existe a possibilidade de investir em materiais especiais que ajudam a reforçar seu telhado e diminuir as chances de enfrentar infiltrações. É o caso da manta térmica para telhado.

Esse material é uma subcobertura fabricada com alumínio. Seu grande diferencial é que possui uma malha de reforço térmico, além de alta refletividade, excelente durabilidade e estabilidade.

Justamente por isso, o produto forma uma barreira eficaz sobre todo o telhado, dando conforto térmico para o ambiente interno, além aumentar o poder de impermeabilização do telhado como um todo.

Por isso, instalar a manta térmica inibe a passagem da água de chuvas e combate infiltrações. O melhor? Essa é uma solução de baixo custo, sendo ideal para famílias que desejam consertar seu telhado de forma adequada e evitar gastos excessivos, sem prejudicar seu orçamento.

Nenhuma postagem foi encontrada.

FALE CONOSCO ÁREA DO
PROFISSIONAL